Eclipse Solar

O eclipse solar parcial de 20 de março de 2015

 

Olimpíadas Portuguesas de Matemática

Externato Delfim Ferreira tem finalista nas Olimpíadas Portuguesas de Matemática.


Pelo segundo ano consecutivo e pela quarta vez nos últimos cinco anos, o Externato Delfim Ferreira tem um finalista das Olimpíadas Portuguesas de Matemática. Desta feita, é a aluna Inês Guimarães, da turma 11.3, que irá estar na final das 33.ªs Olimpíadas de Matemática que decorrerá entre os dias 19 e 22 de março em Rio Maior, na Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira.


Para esta final, que conta ao todo com 90 participantes, foram apurados apenas os 10 alunos do secundário que obtiveram os melhores resultados na prova da 2.ª eliminatória, na região Norte. Nesta última etapa, os alunos irão ter de resolver dois conjuntos de três problemas, em dias consecutivos, dispondo de três horas para o fazer. Em cada uma das três categorias (Júnior, A e B), que integram alunos do 6.º e 7.º, 8.º e 9.º e 10.º, 11.º e 12.º, respetivamente, os três estudantes que obtenham as melhores pontuações são galardoados com uma medalha de ouro, os três seguintes com prata e a outra dúzia que se segue tem direito ao bronze.


Este resultado vem reforçar a ideia de que, apesar da matemática ser encarada negativamente pela maior parte dos alunos, há ainda muitos, tal como esta aluna do Externato, que a vêem como uma área fascinante, capaz de proporcionar prazerosos momentos de diversão, evidenciando um gosto acentuado pelo raciocínio lógico. Inês Guimarães considera que “alcançar a final das Olimpíadas de Matemática é uma oportunidade única para qualquer estudante, dado que pode criar a possibilidade de vir a representar Portugal em competições internacionais”. Acrescenta ainda que “no entanto, o mais importante é divertirmo-nos a resolver problemas”

 

Escola de Ténis EDF

A Escola de Ténis EDF surgiu em 2013, num projeto apresentado e executado pelos professores de Educação Física do colégio, Miguel Guimarães e Miguel Cunha.


Esta iniciativa teve como objetivo principal aproximar o ténis dos nossos alunos e da nossa comunidade, dando a todos a oportunidade de vivenciarem uma modalidade desportiva, considerada por muitos elitista, mas que provoca nos seus praticantes inúmeros benefícios, tanto no plano físico como no plano psicológico e emocional.


A adesão tem sido grande e as aulas de ténis decorrem da melhor forma, sendo o entusiasmo e a satisfação dos nossos alunos o melhor indicador do sucesso desta nova realidade.


Através da escola de ténis, o Externato Delfim Ferreira pretende envolver ainda mais a comunidade em hábitos de vida saudável e proporcionar a todos novas experiências que favoreçam o desenvolvimento pessoal.


Miguel Guimarães

Visita de estudo ao Tribunal de Guimarães

Os alunos da 12.3 tinham agendada uma visita de estudo ao Tribunal de Guimarães, no âmbito da disciplina de Direito. A visita iniciou-se às 10h, com a chegada dos alunos ao Tribunal de Guimarães. Estes, enquanto esperavam pelo início do julgamento, conseguiram assistir a algumas audiências. O julgamento começou às 11h e, tratando-se de um caso de violência doméstica, estavam presentes a arguida, as advogadas de defesa e acusação, a juíza e o delegado do Ministério Público. O réu, devido a problemas de saúde, não conseguiu estar presente. A arguida depôs durante 30 minutos, explicando detalhadamente o acontecimento em julgamento, apoiada em certas testemunhas que também depuseram após a arguida. Infelizmente, o tribunal não teve tempo para ouvir todas as testemunhas, e por isso, a sessão acabou sem a decisão final da juíza.

Após o julgamento, a turma teve tempo para almoçar, regressando ao tribunal para uma visita às instalações com a oficial de justiça, começando pelos gabinetes de secretariado, seguindo-se a maior e mais importante sala de julgamento, acabando a visita com a ida aos calabouços. Esta visita desempenhou um papel muito importante na aprendizagem dos alunos em relação ao funcionamento da justiça em Portugal, visto que conseguimos compreender o papel de cada um dos participantes do julgamento e o trabalho de preparação e realização do mesmo.

Joana de Castro, 12.3

Palestra sobre a Romanização

Palestra sobre a romanização no concelho de vila de Famalicão

No dia 10 de fevereiro, pelas 10:00h , realizou-se uma palestra intitulada “A Romanização em  Vila Nova de Famalicão”, no âmbito da disciplina de História. Este evento teve lugar no auditório principal do Externato Delfim Ferreira.
A apresentação teve como objetivo ensinar aos alunos um pouco mais sobre a Romanização no nosso concelho, de uma forma diferente e, por isso, mais apelativa. Para completar este propósito tivemos a presença da arqueóloga Felisbela Leite.
Na nossa opinião, esta exposição oral foi muito bem conseguida devido à organizada e pormenorizada explicação que obtivemos sobre este assunto.
Consideramos, também, que esta foi uma forma original de abordar a matéria que estamos a estudar, neste ano letivo, na disciplina de História.
CATARINA NEVES E MAFALDA REIS, 7.1

Carnaval 2015

2ª Eliminatória das XXXIII Olimpíadas Portuguesas de Matemática

No passado dia 14 de janeiro, decorreu no Externato Delfim Ferreira, a 2.ª eliminatória das XXXIII Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM), uma vez que o Colégio de Riba de Ave foi a escola selecionada como local de realização desta eliminatória. Os alunos Diogo Nunes da 6.1, Marco António Ribeiro da 8.1 e Inês Guimarães da 11.3 do Colégio representaram a escola nestas OPM. Também participaram setes alunos das escolas D. Sancho I, Camilo Castelo Branco e Júlio Brandão. Em relação à primeira eliminatória, os alunos consideraram esta prova mais complexa. Foram duas horas intensas, partilhadas com a matemática, conservando a ambição tão acesa de representar a escola a nível nacional. Esta vontade foi claramente demonstrada pelo esforço de todos os alunos que aproveitaram arduamente os 120 minutos de prova para ultrapassar as dificuldades. Foi mais uma tarde em que os alunos se aproximaram da matemática, no que diz respeito ao seu fundamento e aplicabilidade quotidiana.

Marco António, 8.1

Alunos do EDF participam no Fórum “Os Media e os Jovens”

Alguns alunos do 3º ciclo e do secundário participaram no Fórum “Os Media e os Jovens”, promovido pela Rádio Digital, Fama TV e o Jornal OP, no dia 22, na Casa da Juventude de Famalicão, iniciativa cujo objetivo era dar a conhecer formas de fazer rádio, televisão e jornal.

No âmbito da área das ciências, os alunos foram convidados a partilhar o gosto e a paixão pela matemática, física e biologia. Também apresentaram os projetos nos quais estão envolvidos, tais como o “Delfos” e o “projecto Quark!”. O primeiro prepara as equipas portuguesas para as competições internacionais de matemática, movido pelo gosto na resolução de questões complexas e interessantes; o segundo destina-se a promover a física junto de jovens portugueses. Ambos decorrem nas instalações da Universidade de Coimbra.

A dedicação à disciplina de matemática é o elemento comum a este grupo de alunos que ocupa parte do seu tempo livre, através do clube “Sexbomb”, divulgado na página do Facebook “Vamos todos fazer de conta que isto é divulgação matemática”, na resolução de desafios e na busca incansável de respostas para as suas curiosidades.

Incentivados pelos seus professores, representam o EDF, anualmente, em várias competições como nas Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM), nas quais obtêm lugares de destaque. Esta escola foi selecionada pela Sociedade Portuguesa de Matemática como o local de realização 2ª eliminatória das XXXIII OPM que decorreram no dia 14 do corrente mês.

O Fórum é uma importante iniciativa que movimenta escolas e, consequentemente, alunos. Deste modo, representaram o Externato Delfim Ferreira os seguintes alunos: Marco António Ribeiro da 8.1; Maria Inês Sousa da 8.2; Beatriz Lisboa e Francisco Rodrigues da 9.2; Luís Marques da 10.1; Sofia Machado da 10.2; Tiago Araújo da 11.1; Guimarães 11.3; Bruno Ribeiro, Fernando Fernandes e Leonardo Monteiro 12.1.
O Externato Delfim Ferreira felicita os alunos pelos êxitos alcançados ao longo do seu percurso académico e agradece, porque estes alunos também representam o trabalho desenvolvido por toda a comunidade educativa.

Clube de Imprensa

Visita de Estudo à Central do Alto Lindoso

No âmbito das disciplinas de Ciências Naturais e Geografia, os alunos do 8°ano do Externato Delfim Ferreira realizaram uma visita de estudo à central do Alto Lindoso,infraestrutura localizada no Concelho de Ponte da Barca. A barragem do Alto Lindoso é, atualmente, o mais potente centro produtor hidroelétrico, em Portugal. Divididos em grupos e acompanhados por um técnico, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a sala de comandos e os túneis de acesso à grande sala cujo teto está decorado com luzes que imitam estrelas! As estrelas pretendem recriar o céu à noite, mas, de facto, os alunos observavam as “estrelas” a 360 metros de profundidade. Num dia em que o sol e a paisagem convidavam ao convívio, um grupo de alunos resolveu tirar uma fotografia para registar, para a posteridade, o momento.

Mariana Oliveira e Filipa, 8.4

Visita de Estudo aos Museus da Indústria Têxtil do Vale do Ave

No dia catorze do mês de janeiro, as turmas do 6º ano do Externato Delfim Ferreira participaram numa visita de estudo aos Museus da Indústria Têxtil do Vale do Ave em Calendário e dos Caminhos-de-Ferro em Lousado, tendo sido ambas as visitas orientadas por um guia dos respetivos museus.
No museu dos Caminhos-de-Ferro, foi-nos dada a informação sobre como apareceu o comboio na Europa e seus responsáveis, nomeadamente, James Watts e George Stephenson e Fonte Pereira de Melo,este responsável pela instalação do comboio em Portugal. No nosso país, a viagem inaugural deu-se a 28 de outubro de 1856, com a presença do monarca português D. Pedro V. Depois, passamos para a exposição onde pudemos observar a oficina, a carpintaria, a bilheteira,as várias locomotivas e automotoras e como tudo funcionava. Agora percebemos melhor como este meio de transporte provocou uma revolução social e económica!
No museu da Indústria Têxtil do Vale do Ave, o guia começou por nos mostrar um tear manual e falou-nos da sua importância na economia familiar, bem como das dificuldades sentidas pelos operários da altura. Seguidamente, conduziu-nos a ver todo o processo: vimos como o algodão se transformava em fio (fiação) e este em pano (tecelagem).Todos os alunos puderam observar algumas máquinas a trabalhar, nomeadamente, a bobinadeira e os teares: um mecânico e outro automático.
Adoramos a visita, foi uma aula dada num espaço diferente e num ambiente mais descontraído, onde reforçamos conteúdos, aprendemos coisas novas e divertimo-nos.

 Afonso Costa e Miguel Flávio, 6.1

Escola de Ténis do EDF obteve excelentes resultados

Tiago Ferreira, do Externato Delfim Ferreira (Escola de Ténis EDF), venceu a etapa de Natal do circuito de CTTrofa, nível Verde. Nuno Ribeiro e Félix Martins ocuparam o 2.º e 3.º lugares respetivamente, fazendo o pleno para a nossa escola de ténis.
No nível Laranja, na mesma etapa, os nossos alunos Tomás Carneiro e Artur Ribeiro ficaram em 2.º e 3º lugares. Álvaro Marques e Dinis Costa, fase de grupos; Rodrigo Mendes, Rodrigo Costa e José Gonçalo Silva,1/8 de final e Diogo Sousa 1/4 de final também se apresentaram a bom nível, representando a Escola de Ténis EDF com grandes jogos e boas vitórias.
Por fim, no nível Vermelho, Martim Araújo e Martim Carneiro foram os grandes heróis, conseguindo um fantástico 2º e 4º lugares respetivamente.
A todos muitos parabéns pelos excelentes resultados que tanto nos orgulham!

 Miguel Guimarães

 

Dia de Reis

O Dia de Reis foi comemorado a 6 de janeiro, pelo Externato Delfim Ferreira. Ensaiadas as músicas com os alunos do Pré-escolar e os alunos do 1ºciclo, todos colocaram a sua coroa na cabeça e percorreram as ruas de Riba de Ave para levarem “este cantar” às diferentes instituições. As instituições visitadas foram a Guarda Nacional Republicana, a Junta de Freguesia e a Biblioteca Municipal – Pólo de Riba de Ave. No regresso à escola, era notória a alegria de todos, ouvindo-se o eco das músicas durante todo o dia.

 

 

Delfíadas 2014